Novos produtos do universo de Star Wars estão chegando – e eu não poderia ser menos imparcial a respeito! Com a chegada de “O despertar da força” aos cinemas se aproximando, nada mais justo do que a literatura embarcar nessa onda de novidades e abraçar os já existentes livros, quadrinhos, séries animadas e afins  do que chamamos de “universo expandido”. Dito isso, foi com muita alegria e animação que descobri que a Editora Seguinte, selo do Grupo Companhia das Letras, publicará ainda este ano duas novas séries para o público juvenil.

Os primeiros livros que a editora trará para o Brasil serão as novelizações “A princesa, o cafajeste e o garoto da fazenda”, “Então você quer ser um Jedi?” e “Cuidado com o lado negro da força!”, cada um assinada por três diferentes autores de destaque da literatura jovem. As obras recontarão, respectivamente, as histórias dos Episódios IV, V e VI.  A previsão é para setembro.

Capas dos novos livros, com publicação prevista para setembro.

Após essa revitação à trilogia original, chegam em outubro e novembro as aventuras inéditas de outros três autores. “A missão do contrabandista: uma aventura de Han Solo” (Greg Rucka), “A arma de um Jedi: uma aventura de Luke Skywalker” (Jason Fry) e “Alvo em movimento: uma aventura da princesa Leia” (Cecil Castellucci) revelam o que aconteceu com os heróis entre “Uma nova esperança” e “O Império contra-ataca”.

Enquanto isso, “Estrelas perdidas” (Claudia Gray) apresentará uma visão geral dos principais eventos da saga, desde o estopim da Rebelião até a queda do Império. Os protagonistas serão os amigos de infância Ciena Ree e Thane Kyrell, que cresceram e se tornaram, respectivamente, uma oficial do Império e um piloto da Aliança Rebelde. Além do conflito causado por um romance entre os dois, agora em lados opostos da guerra, o livro traz, ainda, conteúdo inédito sobre o que se passou depois de O retorno de Jedi.

Falta pouco! Que a força esteja conosco na espera pela chegada dos próximos meses.