Menu

Silence — Becca Fitzpatrick

      Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses de sua vida. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que esteve desaparecida por semanas – sem ninguém saber onde ou com quem ela estava – ela tenta colocar sua vida no trilhos novamente. Ir à escola, sair com sua melhor amiga, Vee, e fugir do estranho novo namorado de sua mãe.Mas tem essa pequena voz no fundo de sua mente, uma idéia que ela quase consegue alcançar. Visões de asas de anjos e criaturas celestes que não tem nada a ver com a vida que ela conhece.E essa inabalável sensação de que parte dela está faltando.Então, Nora cruza com um estranho muito sexy, por quem ela sente uma hipnotizante conexão. Ele parece ter todas as respostas… e o coração dela. Cada minuto que eles passam juntos fica cada vez mais intenso até que ela percebe que pode estar se apaixonando. De novo.

Já faz um mês que Silence foi lançado e aqui estou eu, agora, postando minha resenha. Somente ontem eu tirei o dia para ler com toda a calma e paciência que a série – e o Patch – merecem.
Como já havia dito antes, eu sinceramente não posso dizer que gostei de Crescendo. Foi quase uma decepção. A Nora era uma idiota que fazia todas as escolhas erradas e assim eu não consegui sequer ler tudo de uma vez só. Interrompi a leitura dele, comecei e terminei Dezesseis Luas e só então terminei.
Foi uma experiência muito parecida com outros livros que parecem querer embromar desnecessariamente ou que não são capazes de “capturar” o leitor no início — como Halo, por exemplo. Essa não foi uma característica do primeiro livro, então fiquei bastante assustada.O final, no entanto, me deu esperanças de que Tempest, como nós conhecíamos Silence no ano passado, seria um tipo de salvador. E foi, para minha felicidade.
Becca realmente surpreendeu e acho que posso dizer que não foi só a mim. A história já começou num clima diferente e tenso, no qual  tive que me reencontrar para entender o que estava acontecendo.
Dessa vez, todos nós que acompanhamos a série já começamos informações um tanto aguardadas:  já sabíamos o verdadeiro nome de Patch, conhecíamos o passado de Nora. Ela, por sinal, me surpreendeu e evoluiu muito depois do que aconteceu em Crescendo e no intervalo de tempo que houve entre ele e o início Silence, ficando muito mais corajosa, segura de si e determinada.
De longe o melhor até agora, Silence tem a dose exata de suspense, um Jev sem reservas no que diz respeito a dizer o que sente e apenas não podia antes, digno de todas as leitoras que conquistou. Novos problemas surgiram e algumas pessoas indesejáveis reapareceram, apenas para tornar o livro ainda mais interessante.
Àqueles que querem saber, Scott continua e ganha muitos pontos por ser um ótimo amigo para Nora e ajudá-la com a verdade.
Agora que temos pelo menos o problema do tempo muito bem resolvido — e estou tentando falar isso sem soltar spoilers — a história desse volume em especial foi fechada com chave de ouro. Por enquanto. O quarto livro chega aos E.U.A em 29 de setembro do ano que vem.
Além de tudo, ainda há um último capítulo bônus sobre o ponto de vista de Patch e a casa dele nos sendo revelada. Incrível, ótimo para ativar minha curiosidade e me fazer imaginar cada capítulo sob o ponto de vista dele também.
Silence foi uma das melhores leituras do ano e ainda melhor por ter recuperado o “brilho” e o meu amor pela história de Patch e Nora.

Ele exalou, longa e lentamente, e eu senti os nós em seu corpo relaxarem.

— Só há uma coisa que eu sei ao certo. – Virou-se, com os olhos um negro claro. – Que eu faria qualquer coisa por você, mesmo que isso signifique ir contra meus instintos ou a minha própria natureza. Gostaria de entregar tudo o que possuo, mesmo a minha alma, para você. Se isso não é amor, é o melhor que eu tenho. 


-Patch, capítulo 26.

6 Comments

  • Deborah
    6 de fevereiro de 2012 at 18:27

    A.D.O.R.E.I. Patch tão lindoooooooooooooo 😉 Agora fiquei na vontade, tenho que ler URGENTE!!!!!!!!

    Reply
  • Jups
    7 de fevereiro de 2012 at 19:23

    Opa,
    Agora eu aqui na resenha :]
    Como sabe, amei Silêncio de paixão. A participação maior de Scott, a ternura de Patch exposta e o amor dos dois foi bem mais claro que antes.
    Agora é esperar o próximo livro, tomara que seja ainda melhor!
    Beijos,
    Jups | Up Sagas

    Reply
  • Teens
    23 de fevereiro de 2012 at 19:47

    Estou participando da promoção de Graceling!!!
    Ruan Wendell

    Reply
  • Liily Mars
    17 de agosto de 2012 at 19:00

    meu presiso muito,muito mesmo ler silence se eu ja piro so de ver um jeep commander

    Reply
  • Anônimo
    14 de novembro de 2012 at 17:56

    Que livro é esse galera!!!!! É mais do que bom é ótimo adorei naum consigui me conter comprei a série toda minha mãe piro cmg comprei tudo de uma vez!kkk mas como ela me ''ama'' ela pago bm direitinho!!! MÃE TE AMOOOOOOO MUITO!

    Reply
  • Rany Helena
    17 de maio de 2017 at 21:56

    Quando li “Silêncio” estava um pouco frustada por conta de “Crescendo”, assim como você demorou um pouco a me prender. E mesmo “Silêncio” não me deu aquele aperto gostosinho no peito, acho que esperava mais, porque “Sussurro” é fenomenal!
    Mas, no fim com aquele bônus do ponto de vista do Patch, foi o ápice!! Me atiçou a ler o quarto e último livro.

    Reply

Leave a Reply