“Uma pitada de amor” é o segundo livro da britânica Katie Fforde a chegar ao Brasil. Dentre seus diversos livros, este foi premiado como melhor romance contemporâneo pela Romantic Novelists’, instituição inglesa que tem por objetivo promover a ficção romântica. Também publicado pela Editora Record,  “Amor nas entrelinhas” (leia a resenha) foi lançado em 2014.

Zoe Harper é uma aspirante a cozinheira num programa de TV. Quem diria! Tornar-se participante de um reality show nunca esteve em seus planos, é verdade, mas não quer dizer que ela vá passar a chance de testar as habilidades numa experiência sem igual. Ainda que suas expectativas não sejam altas, a possibilidade de utilizar o prêmio em dinheiro para abrir a delicatessen dos sonhos é tentação suficiente.
Com a reputação e o futuro da carreira em jogo, é de se imaginar que o foco de Zoe fosse a competição. No entanto, o estresse de uma colega de quarto disposta a tudo para ganhar somada à paixão crescente por um dos jurados começa a afetar seu controle sobre os  próprios pensamentos e sentimentos.

A experiência toda foi um problema. Se de início meu temor era um romance bobo, doce ao ponto de prejudicar a saúde dos dentes, agora posso digo com pesar: antes fosse. Seria dos males o menor. Terminada a leitura, eu, que nunca assisti Master Chef ou semelhantes, certamente espero que  os realitys culinários do momento sejam mais atrativos que isso.

Esse é do tipo de livro que prepara terreno para falar de muita coisa e… Nada. Une frustração e vergonha alheia com pitadas de tédio, o que o transforma numa verdadeira receita para o desastre. Não existe desenvolvimento, apenas um círculo vicioso de decisões ruins, inseguranças e imaturidade. Dados os personagens caricatos, as armações infantis e as provas desinteressantes no concurso ,”ler para relaxar” não era tão exasperante há tempos.

Zoe é uma protagonista confusa, contraditória, ingênua de dar dó. Quase uma criança. Gideon é o retrato do homem distante que “a mulher certa saberá conquistar”. Juntos eles são mais uma chateação do que um casal.

O que eu gostaria de mudar em “Uma pitada de amor”? Bem, tudo. Difícil, não? Também acho. Mas se eu pudesse pedir apenas uma coisa a Katie Fford, seria para cancelar essa história toda e só falar de Rupert e Fenella, dois dos personagens secundários. Pelo menos esses dois se aproximam mais de algo interessante.

Título original: Recipe for Love
Número de páginas: 400
Editora: Record
ISBN: 9788501103994