Menu

Retrospectiva Literária 2014

2014 está dando seus últimos suspiros. É a hora de começar a fazer aquele balanço do que foi ou não realizado. Hoje é o dia oficial para se pensar no que poderia ter sido feito no ano que se vai e a pôr em ordem os planos para o ano que entra.

Claro que o ano literário não fica de fora das reflexões. O meu, por exemplo, poderia ter sido melhor, mas não vou ficar aqui chorando minhas pitangas. Eu vivi, li e acompanhei meu blog em mais um ano no ar. Dou graças a isso.

O Último Romance já vem fazendo a retrospectiva literária hospedada pelo Pensamento Tangencial há alguns anos. Este dia 31 não seria diferente nisso! Então sente aí, garanta estar confortável e confira os destaques.

A aventura que me tirou o fôlego: “O falso príncipe”, de Jennifer A. Nielsen (Verus)

O terror que me deixou sem dormir: Nenhum. Livros de terror não estiveram na minha lista.

O suspense mais eletrizante: “Mentirosos”, de E. Lockhart (Seguinte)

O Romance que me fez suspirar: “Lições de amor”, de Ali Cronin

A saga que me conquistou: Trilogia das Jóias Negras, de Anne Bishop (Saída de Emergência)

  

O Clássico que me marcou: Não li nenhum clássico em 2014, infelizmente.

O livro que me fez refletir: “Revivente”, de Ken Grimwood

O livro que me fez rir: “Quase casados”, de Jane Costello (Record)

O livro que me fez chorar: “Mar da tranquilidade”, de Katja Millay (Arqueiro)

O livro de fantasia que me encantou: “Eon”, de Allison Goodman (Galera Record)

O livro que me decepcionou: “Outlander – A Viajante no Tempo”, de Diana Gabaldon (Saída de Emergência)

O Livro que me surpreendeu: “Tudo que você e eu poderíamos ter sido se não fôssemos você e eu”, de Albert Espinosa (Record)

o thriller psicológico que me arrepiou: “Dias perfeitos”, de Rapahael Montes (Companhia das letras)


O livro mais criativo: “lADRÕES DE SONHOS”, DE mAGGIE sTIEFVATER (vERUS)

O infanto-juvenil que se superou: “O tesouro da encantadora”, de Caroline CARLSON (sEGUINTE)

A capa mais bonita:

O livro que li em um dia: “mE LIGA”, DE sARAH mLYNOWSKI (gALERA rECORD)

O primeiro livro que li no ano: “a CANÇÃO DO SÚCUBO”, DE rICHELLE mEAD (eSSÊNCIA)

O Último livro que terminei: “hOMENS, MULHERES E FILHOS”, DE cHAD kULTGEN

O livro que abandonei: “sONHOS DESPEDAÇADOS”, DE ELLIE JAMES (NOVO CONCEITO)

O livro que li por indicação: “Quem poderia ser a uma hora dessas?”, de Lemony Snicket (Seguinte)

Indicação da Gleice Couto, responsável pelo Ultraviolet

A frase que não sai da minha cabeça:

Fiquei pensando que poemas são como pessoas. Algumas pessoas você entende de primeira. Outras você simplesmente não entende… e nunca entenderá.

— “Aristóteles e Dante descobrem o segredo o universo”

O(A) personagem do ano: MAE KOSKIEN, de “Tabuleiro dos deuses”

O casal perfeito: Mae Koskien e Justin March, DE “tABULEIRO DOS DEUSES”

Mae e Justin têm minha torcida e meu respeito por serem apresentados num livro no qual o romance é realista e na medida certa. Distante de mim o fantasma de amores água-com-açúcar-com-perigo-de-diabetes!

O(a) autor(a) revelação: Gleice Couto



Além de vlogueira, jornalista, revisora de texto e minha amiga pessoal (♥), Gleice também é autora de Picta Mundi. Vocês podem ler a resenha dele aqui.

O melhor livro nacional:  “Dias perfeitos”, de Raphael Montes

O melhor livro que li em 2014:

Li em 2014  53  livros

Uma vergonha. Vergonha! Faz tempo que não leio tão poucos livros num ano. 2014 abriu muitas portas para mim e, em geral, não tenho por que chorar minhas pitangas, mas é fato que o número de leituras diminuiu. Reverter esse quadro é um dos meus maiores desejos para o ano que entra.

Li em 2014      páginas

Comprei em 2014  33  livros

A minha meta literária para 2015 é: Ler (pelo menos) 100 livros

Isso é tudo pessoal! Desejo a todos uma boa virada e um excelente Ano Novo.
Até 2015! ;D

3 Comments

  • Leli Martins
    3 de janeiro de 2015 at 15:07

    Poxa, 100 livros em 2015? Eu ainda sonho com o ano que chegarei a 50 (meu máximo foi 40) haha. Infelizmente cada vez tenho menos tempo e daí tá ficando difiiicil, viu? Estou com 1 livro há uns 3 meses. Gostei muito da sua lista e fiquei cheia de vontade de ler Mar da Tranquilidade e Quase Casados. Beijos.

    Reply
  • Rafaela.
    8 de janeiro de 2015 at 11:43

    Kim linda, também li poucos livros esse ano, na faixa dos 50. É triste, mas fazer o quê… Acontece. Vamos voltar aos nossos 100 livros ou mais por ano, haha.
    Gostei da retrospectiva! Quero ler vários livros que você citou. 🙂

    Beijocas, saudades.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    Reply
  • Yasmim Namen
    13 de janeiro de 2015 at 17:03

    Romance diabético é amor até a morte! <3
    Tive um susto com o comentário que li sobre Dias Perfeitos e agora mais uma meta/promessa a ser cumprida é de ler a porcaria da sinopse antes de começar a ler! Se eu pego Dias perfeitos sem saber nada… PQP T_T Meu coração ia parar de funcionar. É isso aí, sou dramática.
    Quero ler alguns livros da sua retrospectiva pra mudar a minha lista de lidos, sabe?? Tô um pouco cansada dessa vida hot e viveram felizes para sempre =x

    Reply

Leave a Reply