Dia de TAG no Último Romance! Uhul! Fica admirada com a criatividade das pessoas que as criam. Essa eu conheci visitando o Momentum Saga, que deixou o convite aberto para quem quisesse dar continuidade por aí. Deve-se, basicamente, responder algumas perguntas sobre leituras e desejos literários ligados aos pecados capitais. Além de interessante (ah, vai, você não concorda?), é super divertido de responder. Sigam-me os bons!

1. GANÂNCIA – Qual o livro mais caro da sua estante? E o mais barato?


Não tenho nenhum livro que custe uma fortuna. Deus abençoe a internet e as promoções por isso! No entanto, um dos mais caros e queridos é Eona”. Comprá-lo pelo dobro no preço na livraria física mais próxima foi uma manobra desesperada de uma leitora obcecada, mas não tenho arrependimentos.

“Ladrão de olhos” não é o mais barato da minha estante, mas um deles. É o escolhido por ser um amorzinho, ter custado menos do que um KitKat e ter sido um achado da Black Friday. Jamais poderei dizer que nunca vi vantagens nela.

2. IRA – QUAL O autor com o qual você tem uma relação de amor e ódio?

Difícil. Escolhi Veronica Roth não porque a odeie, mas pelas emoções confusas, complexas e, em parte considerável, também inegavelmente negativas que ela foi capaz de despertar em mim. Compreendo, mas não concordo com as escolhas dela para a trilogia “Divergente”. Mais do aquilo que eu gostaria de modificar por motivos puramente egoístas e pessoais, há um pequeno ressentimento pelo encerramento que não fez jus à qualidade do segundo volume. “Convergente” foi puro choque, para o bem e para o mal, o que põe Veronica aqui, ainda amada, porém com créditos a menos.

3. GULA – QUAL LIVRO você devorou sem vergonha alguma?

Ah, “Tabuleiro dos deuses”…. Só de lembrar da experiência já dá vontade de reler. Esse é um livro intenso, detalhista e cheio do carisma típico dos trabalhos de Richelle Mead. Não vejo a hora da chegada da continuação no Brasil! Fica aqui meu apelo, Editora Paralela. ❤

4. PREGUIÇA – Que livro você negligencia há anos por pura preguiça?

É uma vergonha saber de todo o fuzuê que fiz para conseguir esse livro só para depois desanimar e deixá-lo aguardando a vez na estante. O pior nem sequer ter uma boa desculpa. A vontade de continuar a leitura e então continuar com os próximos até finalmente finalizar a série ainda está aqui, mas é como o vento: posso sentir, mas não consigo ver.

5. VAIDADE – Que livro você tem orgulho de ter lido?

“Nós, os deuses” é incrível. INCRÍVEL! Minha nossa, como é injusto ele não fazer mais sucesso. Orgulho-me por ser leitora de um autor capaz de escrever uma obra tão genial. Ó, mundo, porque não me ouves? Pessoas, LEIAM “O ciclo dos deuses”.

6. LUXÚRIA – Que atributos você considera mais atraentes nos personagens?

Isso varia muito. Não sei se posso dizer que existem personagens que são “a minha cara”. Porém, de complicados, e sim profundos. Às vezes basta ser bem elaborado para chegar a tanto. Um bom personagem, com defeitos e qualidades, que se encaixe no enredo e ainda assim consiga se destacar pelas características e habilidades é atraente.
forma geral, gosto dos que têm sensibilidade artística. Gosto dos mais profundos. Perceba que eu não disse

7. Inveja – QUE LIVRO VOCÊ inveja na prateleira da livraria?

Namoro “A descoberta das bruxas” faz tempo. Ele é um dos livros que planejo, planejo e planejo comprar, mas no máximo volto para visitar na livraria. Pode ser pelo preço pouco amigo. Pode ser pelo medo de embarcar em mais uma trilogia que pode terminar inacabada (coisa que já é certo que não acontecerá! A Rocco publicará o volume final em 2015). Podem ser as páginas brancas (também conhecidas como inimigas dos meus pobres olhos).