Menu

[Resenha] A Garota Que Eu Quero — Markus Zusak

A Garota Que Eu Quero fecha a Trilogia dos Irmãos Wolfe, formada por livros originalmente publicados entre 1999 e 2001, quando a carreira do australiano Markus Zusak ainda estava no início. Irmão de série de O Azarão e Bom de Briga, seus antecessores publicados no país pela Bertrand Brasil, o livro veio pouco antes dos grandes sucessos de Markus: Eu Sou o Mensageiro e A Menina Que Roubava Livros, ambos, bem como ele, publicados pela Intrínseca.
Caçula da família Wolfe, Cameron é um jovem solitário. Fora Rube, o mais próximo em idade de seus três de seus irmãos, não é como se pudesse dizer que tem amigos. Sempre houve dentro dele uma grande fome — de vida, de experiências, de dar e receber amor —, mas, quando Octavia chega, seus desejos e sentimentos afloram, se intensificam. No entanto, além de Cam se considerar um perdedor grande o bastante para nunca ter chance com Octavia, a garota é a nova namorada de Rube. Tudo bem que ele sabe que o irmão nunca amou nenhuma das milhares de namoradas que entram e saem de cena constantemente tanto quanto sabe que o caso não é diferente com Octavia, mas apenas saber disso não muda o fato de que a garota de linda, divertida e de alma artística está fora dos limites. O que Cam não sabe é que Octavia enxerga nele muito mais do que ele pode imaginar, sendo justamente quem pode dar a ele tudo aqueli com o que vem sonhando há anos.

Ao avançarmos, trôpegos, pensa na cor da bondade, reconhecendo que seus tons e matizes não são pintados nas pessoas. São usados por dentro. […]

Olho diretamente para dentro de mim e vejo a cor do acanhamento, da insegurança e do anseio.

E, pela primeira vez na vida, não me afasto disso com um dar de ombros. Mergulho dentro dessa cor, sinto sua força.
Preparo-me.
Para transpor.

Sempre digo que gosto da ideia de que existem livros certos, especiais para esperando sua vez com cada um de nós. Realmente acredito que existem e sempre vão existir aqueles que chegarão na hora certa e formarão uma conexão diferente da que se tem com os demais. É apenas uma questão de encontro. No momento, estou curtindo a felicidade de ter me encontrado com A Garota Que Eu Quero.


Narrado em primeira pessoa, curtinho e descaradamente sensível, o livro é de uma beleza suave e, acima de tudo, simples. Zusak dá um show ao mostrar um protagonista com angústias palpáveis, mas que não se transformam em dramalhões, inseguranças típicas da idade e fruto das relações com o meio, com os outros, mas que em momento algum o transformam numa pessoa pedante. Os sentimentos de Cam são tão verdadeiros e tão fortes que transformam o livro numa obra de sentimento, ainda que não necessariamente sentimental.

Essa é uma leitura para um dia só. Embora nada seja corrido, o pouco número de páginas somado ao grande carisma dos personagens faz com que o final chegue depressa. E é possível navegar por instantes de tensão, doçura, tristeza, franqueza bruta, fraternidade, amor e amizade enquanto não ele não é alcançado. No fim, tudo é bem amarrado graças a seu ritmo próprio, correto.

“Amo aquela garota”, tenho vontade de dizer, mas não digo […]
Ficamos parados ali, e sei que sei muito pouco.
Não sei aonde vão dar essas ruas, nem por quê.
Não sei se consigo resistir à luta desta noite.
Só há uma coisa que eu sei
É sobre a garota, e é isto:
Se um dia sua alma vazar, quero que caia em mim.

Por esse ter sido meu primeiro contato com uma obra do autor, creio que não poderia ter começado melhor. Não tive problema algum por ter começado justo com o último volume da trilogia, por isso recomendo, recomendo, recomendo sem medo. Assim como Cam tinha sua fome, eu agora tinho fome de Markus Zusak.

Título Original: Getting The Girl
Número de páginas: 175
Editora: Intrínseca

20 Comentários

  • Carol
    30 de julho de 2013 at 04:25

    Estou lendo esse livro no momento, mas até agora estou achando ele lento pra caramba!
    Adoro a escrita do autor e vou ser insistente na leitura dele.
    A sua resenha é a primeira que leio que seja positiva, isso reativou minhas esperanças!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    Reply
  • D e s s a
    30 de julho de 2013 at 15:16

    Li O azarão e AMEI, uma leitura deliciosa e rápida. Estou louca para o segundo. Só achei estranho o 3° sair por outra editora… tipo? O_O
    haha
    Pena também que as capas ficaram diferentes demais. :/
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    Reply
  • Maria Silvana Santana
    1 de agosto de 2013 at 06:29

    Oiee 🙂
    Ganhei esse livro de presente, mas nem eu nem a pessoa que deu sabiamos que era o treceiro!!
    Ia esperar ter os outros, mas quer sabe?
    Acho que irei fazer como você, ler ele assim mesmo e quem abe serei surpreendida! Rsrs
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    Reply
  • Gabriela C.
    9 de agosto de 2013 at 02:44

    Juro que nem sabia que era de uma trilogia! Oo
    Mas quero muito ler, agora todos os outros também!

    Reply
  • Alice Guerreiro
    9 de agosto de 2013 at 03:06

    Nossa, parecer ser uma história de amor muito linda! De cara o leitora ja simpatiza e se identifica com o Cam e a Octavia deve ser super sedutora e divertida. Louca pra ler!

    Reply
  • Laís D.
    9 de agosto de 2013 at 15:28

    Não sabia que o livro fazia parte de uma trilogia!Li em vários sites sobre o lançamento do livro mas pensei que era uma obra única.
    Zusak me conquistou com "A Menina Que Roubava Livros" com sua maneira de descrever as pessoas/lugares e narrar os acontecimentos com tanta emoção que, lendo o livro, me senti como uma expectadora em carne em cada pequena cena.
    Tenho várias expectativas pra esse livro e pretendo lê-lo o mais antes possível!=)

    Reply
  • Amanda Cristina
    9 de agosto de 2013 at 17:36

    Ainda não li o livro, pois quero ler os outros dois livros da trilogia primeiro. Mas estou muito ansiosa para começar a leitura.
    Bjs.

    http://pallavras-perdidas.blogspot.com.br/

    Reply
  • Geruza do nascimento
    10 de agosto de 2013 at 18:45

    Nunca li nenhum livro do Zusak embora leio constantemente resenhas dos livros dele. Não tinha interesse até ler essa resenha fiquei maravilhada e com gostinho de quero mais, sabe?
    Fiquei lendo concentrada e quando acabou fiquei sem reação.
    Adoro personagem com sentimentos aqueles que sofrem, cometem burradas e cobiçam algo porque isso fazem deles humanos e o leitor se identifica com ele.

    Reply
  • Karine Braschi
    13 de agosto de 2013 at 01:04

    Tenho A Menina que Roubava Livros do Zusak na minha estante e nunca li, acredita? Não curti a história da primeira vez que peguei para ler e acabei abandonando, mas estou super curiosa para ler esse. Não sabia que era uma trilogia, mas dá para ler separadamente?

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom. (@geekdebatom)

    Reply
  • Shadai Vieira
    13 de agosto de 2013 at 10:35

    Desse autor já li os 2 mais famosos A Menina … e Eu Sou o Mensageiro, e ambos me agradaram bastante. Gosto de livros curtos e de história leve como esse. Espero um dia lê-lo.
    Concordo contigo sobre há vezes que o livro certo chega no momento certo; assim como, música, discos e filmes.

    Reply
  • Roberta Krutzmann
    13 de agosto de 2013 at 11:10

    Eu não sabia que o livro era de uma trilogia hahaha estava louca para ler, mas sempre fico com um pé atrás de ler um livro fora da ordem, pelo menos me consolo que você também leu só o último e pelo visto não tem problema :). De qualquer forma fiquei com muita vontade de conhecer essa história, pena ser um livro curtinho, eu AMO livros que são quase uma bíblia hahahahaha. Adorei a sua resenha e a forma como descreveu o livro, parabéns!

    Roberta Krutzmann | http://www.apenasumtrecho.com

    Reply
  • Rafaela.
    15 de agosto de 2013 at 01:05

    Ah, que coisa mais linda! Estou ainda mais empolgada para lê-lo.
    Acho o máximo quando O livro aparece em nossas vidas, assim de repente, sem pressa. Fico contente que você tenha gostado, eu não li nenhum livro do Zusak e vou começar por esse também! Espero gostar tanto quanto você.

    Beijocas, Kim!
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    Reply
  • Edilaine Cañete Reis
    22 de agosto de 2013 at 10:21

    Olha uma história surpreendentemente diferente.
    Enquanto Cam acha que não merece a garota, a garota Octavia além de perceber o interesse de Cam por ela ainda ela demonstra um interesse por ele. Nossa, preciso ler este livro e saber se Cam e Octavia ficarão juntos. Realmente enquanto não fico sabendo se ganhei ou não este livro aqui, creio que irei baixá-lo em pdf no meu notebook.
    É claro que, se eu ganhar, irei ganhar irei ler novamente.
    E já incluí na minha lista de desejos para comprar.

    Reply
  • Gel Borges
    22 de agosto de 2013 at 23:31

    Já virei fã de suas resenhas!
    Rápida, prática e sem spoilers.
    Eu já tinha lido A menina que roubava livros e tinha quase certeza que esse livro não seria diferente!
    Livro narrado em 1° pessoa e ainda o protagonista sendo homem e com todas as suas angústias é o que há de melhor!
    Parabéns pela resenha, quero me encantar com o Cam *-*

    Reply
  • Lana Matheus
    2 de setembro de 2013 at 01:45

    aaadorei , quero pra mim :3

    Reply
  • Poison Girl
    4 de outubro de 2013 at 22:36

    A Editora Intrínseca mais uma fez acerta em publicar um livro tão bom quando as pessoas estão me falando, com certeza essa é a melhor editora no ramo literário, sempre está um passo a frente das outras, sempre que vou ler um livro da mesma eu crio excelentes expectativas e este livro não foi diferente, eu quero muito ler, por causa da editora e de sua capa que por sinal é muito linda, diz muito sobre esse livro, espero realmente lê-lo futuramente!

    Reply
  • beth
    4 de outubro de 2013 at 22:43

    Estou lendo esse livro e ele até é interessante, mas nada assim tão bom. É legal pra distrair a mente, um romance leve e divertido. Beijos.

    Reply
  • Thamires Lacerda
    5 de outubro de 2013 at 02:10

    Você acredita que eu nunca li nada do Zusak? É até meio chocante né, admito rs Ainda bem que eu não sou a única. Mais tenho muita vontade de ler esse livro, todo mundo fala tão bem, que a curiosidade só aumenta.
    Beijos
    http://www.souseuastral.blogspot.com.br

    Reply
  • Larissa Bittencourt
    13 de outubro de 2013 at 20:56

    – só ouço elogios sobre esse livro, a resenha me deixou mais ansiosa ainda para lê-lo *—*

    Reply
  • juliano cesar de oliveira
    2 de junho de 2014 at 19:28

    Oi adorei.. muito obrigado, depois de ter lido sua resenha…me interessei pelo livro….mas vc já leu o livro reverso … se trata de um livro arrebatador…ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos…..e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história…..acesse o link da livraria cultura e digite reverso…a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    Reply

Deixe seu comentário aqui: