Menu

[Resenha] No Limite da Atração — Katie McGarry

“No limite da atração”, além da obra de estreia da jovem Katie McGarry, É o primeiro volume da série “Pushing the limits”. Seguem-no, até o momento, outros três livros: “Crossing the line” (novella), “Dare you to” e “Crash into you”. Cada um coloca em foco as histórias de diferentes personagens apresentados nesse primeiro volume.

A vida de Echo Emerson costumava ser ótima. Antes parte da turma popular do colégio, ela tinha um namorado, amigos, pais e irmão que a amavam. Então tudo começa a ruir. Agora o dia a dia se passa equilibrando-se entre pais divorciados, uma mãe dolorosamente ausente, a convivência com a morte do irmão e uma madrasta irritante e grávida. Não bastando tudo isso, após um dia do qual não consegue se lembrar completamente, Echo vai da posição de popular à de esquisita coberta de cicatrizes do colégio.
Tudo o que a garota quer é que as coisas voltem ao normal. No entanto, quando o lindo, conquistador, problemático, usuário de substâncias ilícitas Noah Hutchins entra em cena, a simplicidade desse desejo começa a se dissipar. A atração entre os dois é palpável e, por mais que ambos achassem não ter nada em comum, a verdade é que acabam conseguindo se compreender maravilhosamente bem. A questão é: até onde irá o relacionamento entre dois jovens com tanta bagagem emocional? E o que (ou quanto) eles estarão dispostos a arriscar para alcançar a felicidade?

Ela relaxou e se encaixou perfeitamente no meu corpo. No ar frio e revigorante de fevereiro, balançamos juntos, ao som do nosso próprio ritmo. Por um instante, escapamos do inferno. Nada de professores, nada de terapeuta, nada de amigos com boas intenções, nada de pesadelos – só nós dois, dançando.

A quem possa estar se perguntando, “No limite da atração” não é assim tão parecido com “Belo desastre” (Jamie McGuirre). Ambos são New Adult e têm romance, bad boys… Essas coisas típicas do gênero. Ainda assim, as diferenças são maiores que as semelhanças. Por exemplo: enquanto o livro de Jamie trabalha mais a sexualidade, trata mais da personalidade dos personagens, o de Katie explora a história de vida, o drama de Echo e Noah. Se fosse necessário comparar, eu não sei dizer qual é o melhor. Ambos os livros têm seus altos e baixos e, aliás, não gostei de “Belo desastre”.

São dois protagonistas, dois narradores e duas vidas drasticamente modificadas por acontecimentos terríveis. Echo tenta reunir os pedaços perdidos de si mesma, enquanto Noah, que perdeu os pais alguns anos antes, está determinado a vencer a briga contra o sistema de adoção e conseguir a guarda dos irmãos caçulas assim que completar 18 anos. E são esses personagens e suas características o maior ponto positivo de toda a leitura. Eu poderia apontar um ponto negativo para todos os positivos de todo o resto. Essa é a única coisa a se salvar completamente ilesa.

Não foi só uma vez que senti que a autora estava dando voltas. Algumas cenas, frases e pensamentos são forçados, repetitivos. Se por um lado a narrativa é de fácil digestão, por outro tropeça ao tentar montar um ambiente adolescente que revesa entre a visão ou tom preconceituosos e a lição de moral.

O maior problema com “No limite da atração” é não ter chegado longe. É quase que uma dose de ânimo para cada baldinho de água fria. Não consegui me emocionar, mas ao menos encontrei uma história muito bonita.

Título original: Pushing The Limits
Editora: Verus
Número de páginas: 364
ISBN: 9788576862161

19 Comentários

  • Vanessa Vieira
    10 de maio de 2013 at 20:17

    Parabéns pela resenha Kimberlly! Estou lendo No Limite da Atração e estou amando! Beijo!

    Reply
  • A leitora
    11 de maio de 2013 at 01:21

    Olá!
    Terminei de ler essa semana, e também concordo com você, a história não conseguiu me emocionar como aconteceu com outros leitores.Esperava mais do livro. Só não acho que tenham muitas lições de moral, a questão das drogas por exemplo, foi mostrada, mas em nenhum momento há uma verdadeira conscientização sobre o quanto isso é ruim, parece que a pessoa pode "largar" quando em entender, o que não é verdade.

    Até mais!!
    @Leitora1

    Reply
  • arielle
    12 de maio de 2013 at 03:43

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, no inicio fiquei com uma vontade imensa de ler, mas dai no fim do seu comentario me bateu um desanimo para deixar ele um pouco pro fim da lista de livros para ler.

    http://www.escrevendoaospouquinhos.com.br/
    http://wemightbedeadbytomorrow.wordpress.com/

    Reply
  • Bianca Remohi
    19 de maio de 2013 at 02:12

    Achei um livro fraco.
    Tem uma história legal, um perfil muito bom, mas pelas resenhas q eu li não parece ser um livro muuuito bom.
    Enfim, mesmo assim, tenho curiosidade de ler esse livro.
    Mais curiosidade do que interesse rs

    Beijos Kim :*

    Reply
  • Andréia
    19 de maio de 2013 at 14:35

    Gostei da sua resenha, ela está me fazendo pensar duas vezes sobre ler esse livro, rs, mesmo assim vou tentar.

    Reply
  • Nessa
    20 de maio de 2013 at 16:00

    Olá!
    Eu pensei também que o livro fosse parecido com Belo Desastre, mas que bom que não, gostei de saber que esse explora mais a vida dos personagens, e que abordam assuntos interessantes também!
    Me agrada muito quando a narrativa é dividida entre os personagens, acredito que isso enriqueça mais a leitura!
    Espero gostar do livro!
    Bejos!

    Reply
  • Thaynara ribeiro
    21 de maio de 2013 at 11:33

    Desde Belo Desastre sou apaixonada por romance adolescente!!!!
    Já amei os personagens, ambos tem traumas q eu espero q superem com a ajuda do outro!!!
    Amei muito a resenha!!!!

    Reply
  • Willian
    21 de maio de 2013 at 12:48

    Resenha muito boa, abordando pontos relevantes do livro, nos dando uma boa ideia do conteúdo que nos espera, vale a pena conferir.

    Reply
  • Cristiane de oliveira
    21 de maio de 2013 at 19:07

    Nossa estou de boca aberta com sua resenha e babando por esse livro espetacular, sou fã desse tipo de leitura e já estou apaixonada, parece ser melhor que Belo Desastre, quero descobrir tudo que falou nessa resenha, adoro chorar com livros e esse vai ser um prato cheio.

    Reply
  • cristiane
    21 de maio de 2013 at 23:57

    Ah a história dele é boa. Se é emocionante, daquelas de deixar a gente sentindo com o livro, não sei, mas quero ver como vou me sentir lendo! Parece bem bom, gostei dele.

    Reply
  • Adriane
    24 de maio de 2013 at 19:35

    É o próximo da minha listinha de livros que quero muito ler!! A resenha está ótima.

    Reply
  • Julienne Cunha
    25 de maio de 2013 at 14:22

    Resenha excelente!! A sinopse me chamou atenção e eu tô bem curiosa p ler esse livro, espero gostar.

    Reply
  • rafaela
    27 de maio de 2013 at 18:42

    Eu acho que esse livro deve ser muito bom to louca pra ler ele a capa é muito linda e a historia é o que mais me chamou a atenção, pois um menina popular deixa de ser popular da noite pro dia e um menino que perdeu os pais os dois tentam se ajudar e acho que isso é a coisa mais importante.

    Reply
  • pamela mendes
    27 de maio de 2013 at 18:57

    Vejo falarem muito bem desse livro, mas me falaram que é série xD Um livro tem a ver com o outro ou da para ler separadamente?
    Adorei a resenha, me deixou ainda mais curiosa

    Reply
  • Vanessa Sueroz
    28 de maio de 2013 at 10:46

    Oie,
    Meu Deus estou doida para ler esse livro. Ele parece ser bem fofo e levem e claro um romance muito bom!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    Reply
  • ana caroline basto fonseca
    28 de maio de 2013 at 17:23

    amo esses livros q se passam na escola e esse é melhor q tm um suspense no passado dela tô doida pra ler

    Reply
  • Natália.
    30 de maio de 2013 at 00:09

    Quero muito ler esse livro!
    Desde quando lançou em inglês.. Mas meu inglês ainda não é bom o suficiente para ler livros 🙁
    Ótima resenha!
    Beijo

    Reply
  • Karen Senoo
    30 de maio de 2013 at 21:53

    Já estou de olho nesse livro desde que foi lançado lá fora. Depois da resenha então fiquei ainda mais curiosa. Quero conhecer mais da vida da Echo =)

    @tibiux

    Reply
  • Rodrigo Lessa ®
    2 de junho de 2013 at 00:15

    Adorei o livro. Como antes, ja queria le-lo. Adoro isso de historias escolares que mudam , é interessante e no meio disso está toda essa atração – Sedução – Quero muito ler! olha, o que será de terrivel que acontece? suspense… hm.. adoro 😮

    Reply

Deixe seu comentário aqui: