Menu

The Wolves of Mercy Falls

Ok,deixem eu me recuperar. Consegui ler Shiver todinho ontem e não consegui parar até terminar. OMG, ele eu amei. Sério, é muito,muito bom mesmo. E ele foi traduzido! Isso mesmo, tem aqui no Brasil, mesmo com uma capa que não chega aos pés da original.Er, as editoras têm essa mania de mudar as capas e romper o vínculo que algumas pessoas como eu fazem com as originais. Felizmente, a versão nacional não é tão trágica assim. O lobo na neve tem super a ver com a história e chama bem a atenção para quem ainda não conhecia a série. A tradução também ficou legal,indo de Shiver para Calafrio. Sinceramente, posso dizer que estou satisfeita. Não ficou uma coisa tosca tipo Tremor,ek.

Quando toquei no assunto dele,esqueci de falar de tudo isso,mas mereço um desconto,porque queria ler logo os outros e ir pra ele.

Shiver/Calafrio – Maggie Stiefvater
É o tipo de história que conforme as coisas vão sendo esclarecidas, é impossível não torcer por Grace e Sam ,e quando o fim se aproxima, a história fica tão angustiante que te prende e você acaba se vendo querendo correr para descobrir as coisas melhorando.A forma como ele é escrito não é nem um pouco cansativa,mesmo o livro sendo grande. A história é narrada alternadamente entre os dois personagens, e mesmo por isso, as emoções nos são transmitidas de forma impecável. Eu mesma me emocionei enquanto lia. Uma lindíssima história de amor.

Gostei bastante da Grace. Ela não é uma daquelas mocinhas chatas paradas e santas demais. Tudo bem,ninguém deve ser solta por aí,mas aquelas protagonistas do tipo ” castidade em pessoa” dão nos nervos. Grace sabe dosar muito bem as coisas. Acho que gostei dela por ser um pouco parecida comigo: Ela age de acordo com seus sentimentos, e embora não precise ficar jogando ao vento o que está sentindo,também não se encomoda em esconder absolutamente nada; além de amar ler e ser filha única. Mesmo tendo pais distantes, ela lida com isso de forma realista e não sai por aí deprimida ou se lamentando. Na verdade,ela não sofre com esse fato nem tem um trauma. Ela acaba encontrando nos lobos uma alegria e uma válvula de esscape.
O Sam é o garoto mais fofo e gentil da face da terra. Mesmo tendo passado por muitas coisas na vida, até mesmo nas mãos dos pais, ele é doce,gentil e intenso.Um verdadeiro sonho. A forma como eles se conhecem,se respeitam e se conhecem mesmo sem precisara falar demais para isso é simplesmente encantadora. As músicas dele são maravilhosas e assim como Grace, ele não é o tipo de cara deprimente. Ele não se rebaixa ou vive se depreciando,sentindo pena de si mesmo,mesmo ciente de que não é um humano normal e tendo passado por situações terríveis.Ele ama de forma profunda e sincera.
Claro,ainda restam coisas a serem descobertas na continuação,que está por vir ainda esse ano, no dia 20 de julho,nos Estados Unidos.

“Por anos, Grace observou os lobos na floresta atrás de sua casa. Um lobo de olhos amarelos – seu lobo – é uma presença assustadora que ela parece não conseguir viver sem. Enquanto isso, Sam tem levado duas vidas: no inverno, a floresta congelada, a proteção do bando, e a companhia silenciosa de uma menina corajosa. No verão, alguns preciosos meses como humano… até que o frio o faça se transformar de novo.Agora, Grace conhece um rapaz de olhos amarelos cuja a familiaridade lhe tira o fôlego. É o seu lobo. Tem que ser. Mas como o inverno se aproxima, Sam precisa lutar para permanecer humano – ou arriscar perder a si mesmo, e Grace, para sempre.”

2 Comentários

  • lohany
    2 de julho de 2010 at 19:54

    Menina estou louca para ler esse livro…Mas,como você sabe a grana está ,meio curta,então trate de ler logo,porque eu quero emprestado(risos).

    Reply
  • ketymaria
    13 de setembro de 2011 at 00:35

    Oiie Kim! Estou lendo esse livro é super legal! Adoro seu blog! Beijinhos Kety

    Reply

Deixe seu comentário aqui: