Menu

[Resenha] Garota Exemplar — Gillian Flynn

Garota Exemplar estreou em sexto lugar na lista de livros mais vendidos no Brasil e desbancou Cinquenta Tons de Cinza da lista de best-sellers da Amazon em 2012. É o terceiro livro de Gillian Flynn, jornalista e ex-crítica de TV e cinema. Os direitos para uma adaptação cinematográfica já foram adquiridos.
O casal Dunne parecia ser o par perfeito. Na manhã de seu aniversário de cinco anos de casamento, porém, Amy desaparece, deixando para trás os sinais de luta e o marido, Nick, incriminado e calmo demais para não ser apontado como o culpado. Com o apoio da irmã, Nick continua afirmando ser inocente. Mas o que será que aconteceu com Amy? E o que terá Nick a ver com o que aconteceu?

Os noticiários mostrariam Nick Dunne, marido da mulher desaparecida, de pé metalicamente junto ao sogro, braços cruzados, olhos vidrados, parecendo quase entediado, enquanto os pais de Amy choravam. E então, ainda pior. Minha antiga reação, a necessidade de lembrar às pessoas que eu não era um babaca, que era um cara legal apesar do olhar frio, do rosto de babaca pretensioso.

Gillian Flynn é uma mulher poderosa, e prova disso é a verdadeira obra-prima que se mostrou Garota Exemplar. Eis aqui um livro inteligente, viciante, desconcertante, perturbador. Um livro que mistura drama, suspense, tensão e humor negro da forma mais impecável que já vi.

Entre as narrativas de ambos os protagonistas, Gillian conduz o leitor ao caminho da confusão desejável. Os personagens são reais, complexos, e despertam sentimentos de amor e ódio de forma deliciosamente desnorteadora. O vilão pode ser o mocinho e o mocinho pode muito bem ser o vilão, mas nenhuma das duas posições pode ser dada como certa até o fim.

Há uma responsabilidade injusta que vem com o fato de ser filha única – você cresce sabendo que não tem o direito de desapontar, não tem nem o direito de morrer. Não há um substituto por perto; é você. Isso a torna desesperada para ser impecável, e também a deixa embriagada de poder. É assim que déspotas são feitos.

Eu sempre me renderei a livros que conseguem mexer com mente e emoções dos personagens tanto quanto com dos leitores, então estou aqui para pedir ao mundo uma chace para Garota Exemplar. Ninguém deveria deixar passar a oportunidade de ler algo que consegue transmitir tão bem uma crítica ao atual culto à tragédia. Ninguém deveria deixar de ler um livro assim, com um ritmo tão intenso e tão bem pensado.

Garota Exemplar encanta, ainda que tenha uma ou outra coisinha que já tenhamos visto em filmes ou séries por aí. O final é surpreendente, a narrativa é ágil… Só tenha a certeza de estar preparado todas as questões nas quais ele te obrigará a pensar.

Título original: Gone Girl
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 448
ISBN: 9788580572902

4 Comentários

  • D e s s a
    6 de maio de 2013 at 13:36

    Vi tanta gente falando mal do livro, outra falando bem, que nem sei o que pensar. haha Acho melhor eu ler logo, isso sim. ;P
    Mas pela tua resenha, acho que é bem meu tipo de livro. *-*
    beijos
    http://www.apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    Reply
  • Vinícius Costa
    7 de maio de 2013 at 14:16

    Atingi minha cota de romances policias este ano, mas sempre cabe mais um, né? Ainda mais "Garota Exemplar", do qual todos só sabem falar bem!
    Beijo,
    Vinícius – Livros e Rabiscos

    Reply
  • Gabi
    8 de maio de 2013 at 17:18

    Mais um livro que estão todos falando e eu estou surtando pra ler. Sou como você, Kim, amo um livro que consegue me confundir, mexer com a minha cabeça e me deixar completamente viciada e desnorteada.

    Sem dúvida um dos meus top desejados do momento!

    Beijitos

    Reply
  • Leandro de Lira
    9 de maio de 2013 at 18:58

    Oi!
    Eu quero ler esse livro, porque ele vem sendo bem elogiado. Parece ser uma leitura interessante.
    Pelo o que pude perceber, você curtiu muito a leitura e isso é importante, até mesmo para nós, leitores, que decidiremos se lemos ou não. Eu pretendo lê-lo sim. E espero que isso aconteça em breve.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento…"
    http://www.leandro-de-lira.com

    Reply

Deixe seu comentário aqui: